quarta-feira, 26 de agosto de 2015

The Wachowski brothers e a Netflix.


Com o trabalho na primeira temporada da série "Sense 8", seriado produzido pela Netflix, os irmãos Andy e Lana Wachowski (da trilhogia Matrix) mostraram que estão entre os melhores diretores da atualidade. 


Na série os cineastas tiveram liberdade para exercer a sua criatividade peculiar da dupla e inovar. "Sense 8" é uma espécie de "laboratório", algo próximo do cinema experimental, só que com bastante dinheiro.

A primeira temporada da série traz movimentos de câmera inovadores, que substituem efeitos especiais; cenas gravadas durante grandes eventos como a parada gay de São Francisco, nos EUA, e a "procissão" do deus hindu Ganesha na Índia, sem alterar a dinâmica dos eventos, deram mais realismo às situações vividas pelos personagens. Contribuiu também para o realismo a utilização de atores nativos.

A dupla Wachowski também deu preferência às locações originais, sem a utilização de cenários. Os personagens se deslocam por Seul, Bobaim, Berlim, Chicago, Nairobi, Londres e Islândia, em cenas  gravadas nos espaços públicos que aproveitam a dinâmica humana das cidades e a atmosfera de cada país. A edição de "Sense 8" também está a altura para acompanhar toda essa experimentação e isso sem entrar no mérito do roteiro que prende o telespectador pela originalidade.

"Sense 8" é mais que um seriado, é uma pequena revolução, uma prova de como a liberdade proporcionada pelas produções feitas para esse novo suporte de mídia(internet) pode conceber obras democráticas e revolucionárias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário